Qual a importância de aceitar cartão?

Seja o que for o produto ou serviço que sua empresa ofereça é comum que os clientes perguntem se pode ser pago no cartão de crédito ou débito, mas você tem a famosa “maquininha de cartão”? Quantas vendas você já perdeu por não aceitar cartão? Será que meus lucros vão aumentar? Mas e se a pessoa não pagar o cartão, eu vou receber? São perguntas que geralmente nos fazemos quando uma pessoa pede para pagar com o cartão e não temos essa opção.
Você sabia que a quantidade de consumidores que usam cartão de crédito aumentou 40%(*) entre 2015 e 2016? Um dado como esse avisa o empresário que os consumidores tendem a comprar usando o cartão de crédito, seja em um ou várias parcelas.
A empresária Paula Biondi relata que “com absoluta certeza uma máquina de cartão ajudou na loja, talvez não no aumento de vendas, mas na facilidade, quando não tinha ela, era comum o cliente desistir de uma compra por não carregar o dinheiro em espécie, e não era incomum a pessoa desistir do produto por ter preguiça de voltar”. A realidade dela era a mesma em que vivem muitos empresários, que por desconhecimento, falta de capital ou resistência não possuem a famosa maquininha de cartão.
Mas e como eu consigo uma máquina dessas?
Essa é a parte fácil, vários bancos oferecem o serviço de contato com as empresas que possuem máquinas para aluguel, e o empresário também pode contatar diretamente essas empresas e negociar ou o aluguel ou a compra da máquina. De modo geral a maioria das máquinas de cartão aceita quase todas as bandeiras (MasterCard, Visa, Elo e outras), mas é sempre bom verificar quais são os cartões que ela aceita antes de contratar o serviço ou comprar ela.
Uma vantagem de poder fazer essas operações de cartão é oferecer condições especiais como parcelamentos, Paula aproveita para ressaltar “outra coisa que ajuda é a possibilidade de parcelamento, o que muitas vezes incentiva o cliente a consumir mais, pois ele irá pagar aos poucos, o que é excelente, pois tenho a segurança de que o dinheiro chegará na minha conta, independente do cliente pagar seu cartão ou não”.

 

(*) Dados da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ) em parceria com o instituto de pesquisa Ipsos, pesquisa de 2016.

Artur Jeber
Empreteco com destaque pelo maior desenvolvimento do comportamento empreendedor, mentor do Startup Weekend, membro da missão Coreia & Japão do Sebrae-MG e responsável processo de vendas do Reduza.me.
Artur Jeber on Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *